Rssenha do filme: Para todos os garotos que já amei

join us for a treasure hunt!07.02.18 • Ramos residence (1)

O livro está em minha wishlist a muito tempo, mas sempre acabo optando por outros na hora das compras. Mas o filme, ah! Assim que ele saiu na Netflix, juntei a mulherada aqui de casa para nossa noite do cinema e fui correndo assistir! E gente… Eu amei! Já assisti, reassisti e ainda passei para o topo da lista dos próximos livros a trilogia dos livros.

O filme vai contar a história de Lara Jean, uma garota que vive com as duas irmãs e o seu pai. Depois da morte de sua mãe, sua irmã mais velha, Margot, assumiu esse papel para si, mas ela está indo para a faculdade e Lara Jean como vai passar a ser a irmã mais velha de Kitty e precisa ajudar seu pai com a irmã.

To All Of The Boys I've Loved Before

Toda vez que Lara Jean tem um crush tão intenso que ela não sabe o que fazer com os seus sentimentos ela escreve cartas aos garotos e as guarda em uma caixa. Mas a sua vida vira de cabeça para baixo quando as cartas que ela escreveu são enviadas a eles.

No total são cinco garotos. Eles irão descobrir tudo o que ela realmente sente por eles e ela terá de lidar com essa situação.Entre os garotos estão Josh (ex namorado de sua irmã mais velha e melhor amigo de Lara Jean), Peter (o namorado de sua arqui-inimiga da escola e ex melhor amiga da infância). Só de saber disso da pra imaginar a confusão não é mesmo?

O filme é envolvente, engraçado e muito encantador. Nos faz refletir sobre nossas famílias, amigos e amores. Nos trás mensagens incríveis e deixa a gente com aquele sorriso bobo no rosto assim que acaba.

Lara Jean é uma personagem maravilhosa, forte e engraçada. Os laços familiares que o filme trás são incríveis e emocionantes. Eu poderia falar desse filme até amanhã, mas vou parar por aqui para que vocês assistam!

É uma ótima pedida a todas aquelas pessoas que procuram por um filme leve e que aquece o coração.

Espero que breve eu esteja fazendo a resenha da trilogia dos livros aqui para vocês! Grande beijo no coração de cada um de vocês e até o próximo post!

 

1661097.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

• Se vocês ficaram tão interessados nos livros quanto eu, vou deixar o link de comprar deles aqui: (www.amazon.com.br) Lembrando que tudo o que vocês compram através dos links deixados aqui no blog nos ajuda em nosso crescimento! Beijos de luz!

Anúncios

Resenha do filme: Histórias cruzadas

join us for a treasure hunt!07.02.18 • Ramos residence (1)

Oi pessoal, hoje queria fazer uma super indicação para vocês! Vamos falar a respeito do filme Histórias Cruzadas. O filme retrata a sociedade estadunidense de 1960. Uma sociedade com vários conflitos raciais e uma diferença de classe gigantesca entre negros e brancos.

Em histórias cruzadas vamos conhecer uma pequena parte da sociedade de Jackson. Naquela época o racismo era muito mais evidente, (não que não exista mais, que isso fique bem claro!). Mulheres negras trabalhavam em casa de famílias brancas, cozinhando, limpando e cuidando dos seus filhos, que mesmo criados por negros, cresciam tão racistas quanto os pais. Mas em toda história há exceções. Uma delas é Eugênia Skeeter (Emma Stone), recém formada em jornalismo e tem uma coluna no jornal da cidade que dá dicas de cuidados com a casa. Como não sabe muito a respeito do tema pede ajuda para Aibileen (Viola Davis).

Mas a personagem Skeeter, apesar de fazer parte do grupo social diferente, o das mulheres brancas de Jackson, ela não concorda com as atitudes, nem da maneira que é imposta para uma moça jovem branca se viver. Ela não sonha em se casar com um homem bem sucedido nem ser dona de casa, como as mulheres de sua idade e classe. Skeeter sonha em trabalhar em uma editora de Nova York e é formada em jornalismo. Mas é somente quando ela se relaciona com Aibileen que tem a idéia brilhante de colher depoimentos de várias domésticas a respeito de como são tratadas e fazer das histórias de cada uma delas um maravilhoso livro com o nome de A resposta, (nome do livro que gerou a adaptação do filme.

Aibileen fica relutante e com medo a princípio, mas logo cria coragem e convence a amiga Minny a participar desse projeto também. Só depois de muitas injustiças é que elas conseguem reunir mais mulheres a darem seus depoimentos.

Esse filme é emoção atrás de emoção. A grande estrela do filme para mim é Viola Davis, a personagem Aibileen me tocou do início ao fim. Mas isso não tira a graça dos outros personagens que cumprem seus papéis com excelência. Ri muito com a personagem Minnye e com sua patroa Celia, senti muita raiva da personagem Hilly e de como ela maltrata e manipula todos a sua volta. Enfim, o elenco é incrível e cumpre com suas atuações perfeitamente. A história é emocionante, comovente e inspiradora. Ele é repleto de personagens femininas fortes e encantadoras.

É um dos favoritos da vida e indico a vocês com muito gosto. Assistam!

Espero que tenham gostado da indicação. Beijos de luz e até o próximo post!

Dia de Cinema!

capa

Filmes precisam de música para nos fazer sentir emoções diferentes, contudo existem aqueles que trazem músicas incríveis do começo ao fim. Separei por aqui alguns dos meus filmes preferidos que, na minha opinião, tem as melhores trilhas sonoras.

37958115_1760027480760797_8736859436011749376_n

Imagem via Allocine 

Guardiões da Galaxia Volume I e II

Um dos meus filmes preferidos do universo Marvel, talvez por toda sua ironia e sarcasmo. Peter Quill é sequestrado (abduzido) pelos Ravagers em 1988, após a morte de sua mãe. O que ele tem consigo é um Walkman com as músicas da época e por onde vai ele leva consigo. Adoro todas as músicas, mas Father and Song de Cat Stevens ganhou meu coração. O filme, a trilha sonora e a amizade do grupo que acaba se tornando uma família de esquisitos é uma combinação perfeita.

37877622_1760027504094128_6279771142039273472_n

Imagem via Twitter Ryan Reynolds

Deadpoool I e II

Admito que quem me fez querer assistir esse filme foi meu marido, devido a empolgação quando o filme estava para sair e depois de ver que o ator seria Ryan Reynolds, um dos meus preferidos, comecei a esperar ansiosa pelo filme também. Na história você descobre o que aconteceu para que  Wade Wilson se tornasse esse mercenário tagarela de roupa vermelha. Mesmo o filme contendo linguagem e cenas impróprias e muita violência, ele é incrível. A trilha sonora nas duas sequências arrasaram, o primeiro filme tem Wham! – Careless Whisper e o segundo filme conta com Ashes de Celine Dion onde Pool faz uma cena com referência de um filme de grande sucesso dos anos oitenta. Confesso que gostei mais do segundo. Por que? Bom você precisa assistir!

37841878_1760028320760713_1049792802889662464_n

Imagem via Adoro Cinema

Esquadrão Suicida

O filme traz Will Smith (por aí já me ganhou), uma Arlequina diferente de todas e um Coringa que assusta desde o primeiro trailer (mas a melhor, para mim, ainda é a atuação de Heath Ledger). Os condenados formam o Esquadrão Suicida, que tem a chance de sair de suas celas para uma missão suicida. Essa gangue louca descobre que mesmo com todas as suas diferenças eles não são indivíduos tão diferentes uns dos outros. A trilha sonora desse filme arrasou, afinal tem Eminem com Without Me e a Heathens de Twenty One Pilots que descreve o grupo de uma forma fantástica. Nem preciso dizer que você tem que assistir!

37925465_1760027507427461_5027534763594874880_n

Imagem via Adoro Cinema

Shrek

Shrek é um dos meus desenhos preferidos, principalmente, porque prova que o que importa não é a aparência e sim o que trazemos por dentro: como nosso caráter, alma e coração. Além de todo o divertimento e lição que o desenho traz, toda sequência traz músicas sensacionais entre elas a minha preferida Hallelujah de Rufus Wainwright, mas Bon Jovi cantando também é perfeito.

velozes

Imagem via Plano Crítico

Velozes e Furiosos

Eu amo esse filme desde a primeira vez em que assisti e olha que eu nem sonhava em dirigir na época. Brian O’Conner (Paul Walker) e Dominic Toretto (Vin Diesel) são os principais nessa história e em suas sequências. Entre corridas de rua, roubos e fugas da polícia eles vão se juntando a outros membros que surgem nos próximos filmes, formando uma família. Todos os filmes trazem músicas muito boas, muitas delas marcaram os anos em que os filmes passaram como Tokyo Drift – Teriyaki Boyz (Velozes e Furiosos 3) e  See You Again de Wiz Khalifa com Chalie Puth (Velozes e Furiosos 7) que é uma linda homenagem feita ao ator Paul Walker e que faz qualquer um chorar.

click

Imagem via Adoro Cinema

Filmes Adam Sandler

Eu amo os filmes desse cara, de verdade. Ele sempre traz lições de formas incríveis e muito engraçadas. Sendo sincera não afirmo que ele seja o melhor ator do mundo, mas as histórias que ele cria são sem dúvida alguma fantásticas e como se não bastasse ele traz grandes sucessos musicais para seus filmes. Meu filme preferido é Click com uma história sensacional sobre dar mais valor a bens materiais do que o que realmente importa, nossa família e amigos. Além disso esse filme tem muita música boa (claro) que entre elas You Get What You Give – New Radicals e Linger – The Cranberries.

E então gostaram do post? Para vocês conhecerem as músicas dos filmes e se apaixonarem assim como eu, montei uma playlist lá no Spotify. Partiu ouvir?



Beijos e até o próximo!

Comédias romanticas para assistir com o love

596fc10c4455ff02d9ec74f361749276

(Imagem via: fotografia digital online )

Seu parceiro é do tipo que odeia filmes românticos e você o tipo que adora? Não fique triste! Separamos uma lista com 5 comédias românticas que ele vai adorar assistir com você! São do comédias românticas que nos arrancam várias gargalhadas e aquecem nosso coração.

A proposta

19126738.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Se você ainda não assistiu esse filme a hora é agora! O Filme é estrelado por Sandra Bullock, vivendo na pele de Margaret Tate (uma renomada editora de livros) e por Ryan Reynolds, atuando como Andrew Paxton (o assistente de Margaret). Eles vivem uma relação de chefe e funcionário até o dia em que Margaret descobre ter seu visto americano negado. Ao se ver prestes a ser deportada para o Canada e perder seu emprego, Margaret decide que ira se casar com Andrew e força-lo a aceitar essa ideia maluca.

Mas nem tudo é tão fácil quanto parece. Eles vão ter de convencer a imigração e a todos ao seu redor que são um casal de verdade. O que é uma missão quase impossível, já que Andrew odeia sua chefe e ela não sabe de nada sobre ele.

Uma comédia romântica muito engraçada, inteligente e com um elenco incrível. Uma excelente aposta para assistir a dois e ter uma noite super leve e divertida.

Qual seu número

19823867.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

É filme com atores bons que você quer? Então toma! Essas indicações estão recheadas deles para vocês!

Em Qual O Seu Número temos Anna Faris vivendo Ally Darling e Chris Evans como Collin Shea. Ally acaba de ser demitida e quando está voltando para a casa lê em uma revista renomada que a média de homens que as mulheres transam na vida é de 10,5 e tem mais… As que chegam ao numero 20, geralmente são as que não se casam. Ela então começa a puxar em sua memória qual o número de caras que ela já dormiu e ao descobrir que chegou ao número 19 fica desesperada, ainda mais com o fato de que a irmã mais nova esta prestes a se casar e ela não tem nem sequer um par para poder levar ao casamento.

Só após ver um de seus ex namorados muito melhor do que estava na época em que namoravam é que la tem uma ideia brilhante (pelo menos é isso que ela acredita em sua cabeça): encontra seus ex namorados e regressar o relacionamento com algum deles. Deste modo ela não chega ao número 20 e tem a chance de se casar. E onde entra Collin nesta história? Ele é o vizinho mulherengo de Ally e tem a habilidade de investigar outras pessoas. Então eles fazem uma troca, ele a ajuda a encontrar os seus ex namorados se ela o ajudar a se esconder em seu apartamento das mulheres com quem dorme.

Não preciso nem dizer que esse filme vai te tirar boas gargalhadas (eu só de pensar nele para escrever essa indicação já sinto vontade de rir das melhores cenas), enfim, é muito divertido e envolvente, super recomendo para uma noite descontraída e super gostosa!

Esposa de Mentirinha

19921858.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Com os maravilhosos Adam Sandler e Janiffer Aniston  você tem dúvidas de que este filme é uma comédia romântica maravilhosa e engraçadíssima?

Danny Maccabee (Adan Sandler) é um famoso cirurgião plastico que usa uma aliança de casado nos dedos para atrair mulheres. Prática incomum, mas que sempre da certo, pelo menos até o dia em que conhece Maggie (Bailee Madison), uma jovem professora pela qual Danny se encanta. Ela é diferente das outras mulheres com quem ele já se envolveu e ele decidi investir no relacionamento. Porém  Maggie descobre da aliança e que ele é “casado”. Por ter presenciado um divorcio difícil de seus pais na infância ela não quer se envolver e ser a amante.

Para não perde-la e nem contar a verdade sobre a aliança ele inventa mais uma mentira e conta que está passando por um divorcio, mas que o casamento já acabou. Para convence-la de que é verdade ele pede para que Katherine (Jennifer Aniston), sua assistente e a única mulher que sabe realmente quem ele é, seja sua “esposa” e que finja está feliz com o divorcio. A mentira parece estar dando certo até que sem querer Katherine acaba envolvendo seus filhos na história e dando a entender que as crianças são filhos dos dois.

Danny então tem de convencer Katherine a continuar com a história, os filhos dela a participarem da mentira e Maggie de que é um bom “pai”. Mas não para por aí, muitas surpresas e situações ainda estão para acontecer nesta mentira.

Uma comédia romântica muito engraçada e ótima para assistir tanto com o Love quanto com a família!

Sexo sem compromisso

19922562.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

O filme é estrelado por Ashton Kutcher (Adam) e Natalie Portman (Emma), na história eles se conhecem desde a infância, mas é quando se tornam adultos que se envolvem. Em um dia logo após descobrir que a ex namorada esta namorando o seu pai, Adam bebe muito e liga para todas as mulheres de sua lista telefônica. No dia seguinte ele acorda totalmente perdido e pelado no apartamento de Emma. Mas por incrível que pareça não aconteceu nada entre eles (até aquele momento pelo menos). Quando estão a sós no quarto de Emma eles acabam transando, mas Emma não quer se envolver emocionalmente  com ninguém então decidem que vão ter uma amizade colorida e se encontrarem só para o sexo.

Com o tempo eles vão se envolvendo emocionalmente e começamos a torcer por esse casal. É uma história engraçada e envolvente, e mesmo com o nome e a temática em cima de sexo consegue ter um enredo bem leve.

Amizade colorida

19759512.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Com uma história similar ao filme citado acima, o nome Amizade Colorida já diz muito sobre o filme. Aqui iremos encontrar Mila Kunis como Jamie e Justin Timberlake na pele de Dylan.

Jamie é uma caça talentos que convence a Dilan a abandonar seu blog e aceitar um emprego como editor de uma revista em NY. A relação profissional logo se transforma em uma amizade e em uma velocidade ainda mais rápida eles passam a ser amigos com benefícios. Com um histórico de corações bem judiados no passado eles acreditam que manter a relação como uma amizade com um pouco de sexo casual sempre que possível é uma ótima maneira de não se magoarem. Mas os planos nem sempre saem como queremos, não é mesmo?

Uma história gostosa de ser assistida e com uma estrutura cinematográfica muito boa. Amizade colorida é uma ótima aposta.

 

 

Espero que tenham gostado das nossas indicações! Deixem aqui nos comentários se vocês gostaram e quais filmes de comédia romântica vocês indicariam! Grande beijo no coração de cada um de vocês e até o próximo post!

3 filmes sobre trabalho com 3 grandes atores!

filmes

(Imagem via Linked In)

Hoje eu estava pensando na volta ao trabalho depois da “Licença Maternidade”, no quanto será dolorido a separação da minha pequenina, mas deixando isso para outro post, lembrei de três filmes maravilhosos sobre relacionamentos no trabalho. O quanto às vezes é muito difícil lidar com certas situações e principalmente pessoas, mas sempre é possível erguer a cabeça, seguir em frente e aprender.

odiabovesteprada

(Imagem via Adoro Cinema – Copyright D.R.)

O Diabo Veste Prada 

Um dos meus filmes preferidos da vida. Você já teve um chefe que parecia sugar sua vida? Miranda com toda certeza estaria na lista do “Quero Matar Meu Chefe”. Andrea Sachs (Anne Hathaway) é uma jornalista que consegue um emprego como assistente de Miranda Priestly (Meryl Streep), principal executiva da revista Runaway, e ainda ainda que lhe digam que aquele é o trabalho dos sonhos, ela descobre que não é bem assim. Miranda é horrível ao tratar qualquer pessoa, todos na revista morrem de medo dela, contudo, ao invés de se lamentar ou desistir, Andrea decide se reinventar, aprender e ser melhor do que jamais pensou. Às vezes é preciso engolir alguns sapos para subir na vida, mas sem nunca deixar de ser você mesmo!

senhorestagiario_21

(Imagem via Cine Pop)

Um Senhor Estagiário

Mais um filme com a querida Anne Hathaway e ninguém menos que Robert de Niro que vive o aposentado Ben Whittaker a procura de um emprego para mudar seus dias e claro com o ideal de que sempre temos algo a aprender ele acaba indo trabalhar como estagiário na empresa de Jules Ostin (Anne) e inesperadamente surpreende a todos ali. O filme é incrível e divertido. Às vezes é preciso dar um chance para conhecer as pessoas e se arriscar a viver diferentes oportunidades. Nunca é tarde para tentar algo novo.

manhã gloriosa

(Imagem via Paramount Pictures)

Uma Manhã Gloriosa

Rachel McAdams vive Becky Fuller uma produtora de televisão que tem como grande missão revitalizar um programa que todos davam como perdido. Entre muitas mudanças para alavancar a audiência do programa, Becky demite o âncora e convoca Mike Pomeroy (Harrison Ford) um renomado jornalista, também conhecido como a terceira pior pessoa do mundo. Esse filme também é sobre o quanto é difícil trabalhar com as pessoas, mas como podemos tocar a vida delas sem perceber, causando mudanças para elas e para nós mesmos. O filme também demonstra que dedicação e esforço levam ao êxito, mas não podemos deixar de ser felizes e viver nossas vidas por isso.