Metade ou (re)começo?

36752710_1801470609920908_6255467356630286336_n

Chegamos no meu mês preferido do ano! Amo julho por “N” motivos, mas os dois principais são: É mês do meu aniversário( e da minha mãe, da minha “irmãzinha”, dos meus primos queridos e muito mais…) e o segundo motivo é que vejo a metade do ano como se fosse um “ano novo parte 2”. Me entendem?

Sabem aquela animação de reveillon? Quando chega julho tenho ela novamente. O que acho muito bom, porque apesar de todo dia ser dia eu aproveito essas “quebras no tempo” para usar a minha animação de recomeço. Se tem uma coisa que eu gosto nessa vida é recomeçar e fazer o possível para ser ainda melhor do que ontem.

Gosto de pegar minhas listas de começo de ano, ver o que esta ficando para trás e montar um planejamento para por em prática antes que o ano acabe. Faço pequenas avaliações sobre o que estou deixando de lado em minha vida e se isso me faz falta, se faz, como me dedicar a isso também. Monto pequenos projetos sobre coisas que eu ainda desejo realizar. Faço uma análise da minha TBR do início do ano e vejo quais livros ainda faltam ler. Também sempre faço uma retrospectiva de como tem sido meu ano e vejo o que posso fazer para ele ser ainda melhor (tirando é claro, que estou vivendo o melhor ano da minha vida ao lado da Beatriz!). Gosto também de me conectar com o meu interior e fazer um auto reconhecimento sobre o que se passa dentro de mim, afinal, como dizia Raul, “prefiro ser essa metamorfose ambulante”.

Acho importante termos esse tempo nosso sempre que possível, mas em “inícios”, gosto muito mais! Se posso te dar um conselho para esse muio de ano, seria esse. Gaste um pouco do seu tempo com você. Se teu ano não tem sido do jeito que desejava, o que te impede de lutar para que ele ainda seja? Ou se tem sido até melhor do que esperava, o que tu pode fazer para que ele seja um ano ainda melhor? Faça listas, monte roteiros, medite, vá a um barzinho, vá ao cinema, faça avaliações. Tire um pouco desse tempo para você!Nunca é tarde para (re)começar… Não sei se é uma impressão só minha, mas a cada ano que passa, sinto que eles passam cada vez mais depressa. O tempo não para, a vida segue e você precisa fazer algo… Todo dia é dia para sermos ainda melhores do que fomos ontem. Se você ainda não fez nada para tornar a sua vida melhor, que tal começar hoje?

 

 

Anúncios

Realização pessoal. O que é para você?

Realização pessoal

Realização pessoal, o que é para você? Já parou para pensar o que é para você e que talvez o que serve para você mesmo não cabe para ao outro? Quis abordar esse tema por aqui porque cada vez mais vejo pessoas querendo impor umas as outras suas próprias realizações pessoais. Ou outros casos em que a pessoa nem ao menos sabe o que a realizaria como pessoa.

Talvez para você realização pessoal esteja ligado a comprar o seu primeiro carro. Ou quem sabe seja juntar dinheiro para comprar uma casa. Talvez seja virar guitarrista de uma banda famosa. Mas quem sabe não seja ser conhecida como a maior maquiadora do Brasil. Talvez não seja nada disso, realização pessoal para você está ligado a encontrar sua paz interior. Ou talvez possa ser desbravar o mundo todo…

Entende onde quero chegar? Tenho certeza que nesse mundo enorme onde vivemos, para cada pessoa realização pessoal é um desses itens que citei acima, ou talvez não seja nenhum deles. É muito relativo e individual o que é realização pessoal. Para mim tenho várias delas, em vários dos setores de minha vida. No momento as que estão em destaque são: crescer como digital influencer sem deixar minha qualidade de tempo com a Beatriz e me mudar para minha casa. Isso para você pode parecer a maior bobagem do mundo, mas para mim não é!

Podemos notar isso em relação as realizações das gerações. Por exemplo: Para meus avós a realização deles é viver uma vida confortável com o aluguel e a aposentadoria e paparicar os netos. Para meus pais seria ter uma casa própria e aposentar. E tenho certeza que deles para mim seria a mesma coisa. Eles gostariam de me ver em um bom emprego, talvez sendo concursada, comprando minha casa e esperando a vida toda pra que eu vivesse de maneira confortável com a minha aposentadoria. Para eles por exemplo é loucura eu me aventurar no mundo digital e querer viver disso. Novamente, para mim não é! E por mais que eu os ame e queira vê-los felizes, jamais abriria mão do que me faz feliz para satisfazer a realização deles perante a mim.

Já bati nessa tecla centenas de vezes aqui no blog, mas a vida é curta demais para vivermos para agradar os outros. Porém é de extrema importância vivermos “em nosso quadrado”, respeitando a vida do próximo.

Agora pare para refletir, você está vivendo a vida de quem? Você está impondo sua vontade a quem? Você vive a vida dos seus sonhos ou ao menos faz algo todos os dias para que ela esteja mais próxima de você? Eu adoraria saber! Beijos de luz e até o próximo post!

Tão clichê… Mas tão amor.

16832048_1282976531770321_1224964354403477992_n

Sabe que em datas de comemoração sempre paro para analisar nossa história e ver o quão louco é nos estarmos aqui.

Lembro como se fosse hoje o dia em que vi que eu estava completamente apaixonada por você. Uma relação que todos apostavam que não ia dar em nada, inclusive nós mesmos e olha que bela história que rendeu. Dois jovens bobos, com tanto medo de amar que em meio a uma relação de passa tempo, sucumbiram ao amor, e ele veio aos poucos, até que já era tarde demais para voltar atrás. Me apaixonei pelo seu jeito distraído, perdido e sincero de ser. Me apaixonei pelos seus olhos, seus braços e pelo toque de suas mãos.

Também lembro, com memórias ainda mais vívidas, do dia em que me apaixonei por você pela segunda vez, e dessa vez eu tive certeza de que era para sempre, de que era amor…

No momento mais emocionante da nossa vida, enquanto nossa filha nascia, em um breve minuto de silêncio vi lágrimas escorrerem por seus olhos, e então como um sopro de paz, veio o som do choro. O choro do nascimento e o nosso choro de amor. Amor tanto esse que não cabe no peito, naquele momento, nossos laços se uniram de vez.

Te agradeço por tanto amor. Amor por esse seu jeito bobo de ser, amor sua sinceridade e ainda mais por nossa pequena. Amo quando estamos bem e amo ainda mais quando fazemos as pazes. Das brigas, sempre vem as melhores reconciliações.

Você me transformou e foi para melhor. Eu me amo mais por ter você. Eu te amo demais e amo ainda mais nossa família e nossa filha.

Tão clichê… mas tão amor. Feliz dia dos namorados! Meu marido, amigo, companheiro, pai da NOSSA filha é eterno namorado.

Qual a importancia de seguir seus sonhos nos dias de hoje

join us for a treasure hunt!07.02.18 • Ramos residence (1)

Ando lendo muito ultimamente sobre como aprimorar o meu “trabalho” aqui na internet. Digo “Trabalho” pois tudo o que faço aqui é por seguir apenas um sonho e isso ser o meu hobbie, mas quem não gostaria que seu hobbie virasse o seu trabalho algum dia?

Amo o que faço da minha vida, amo ser mãe, amo escrever, amo ler, amo ajudar as pessoas, amo poder controlar o meu tempo e ser dona dele e amo também o tanto que me desenvolvo pessoalmente a cada dia.Tudo isso só tem um problema nos últimos tempos. Dinheiro. Infelizmente vivemos em um mundo onde dinheiro é extremamente necessário para que possamos viver de maneira justa. Precisamos dele para suprir desde nossas necessidades básicas (como comida, produtos de higiene, ter um teto, etc.) a realização de grandes sonhos (Como uma viagem pro exterior, uma casa, um carro novo e por aí vai…). Mas e aí, desistimos do sonho e vamos seguir uma carreira apenas por dinheiro, ou continuamos a lutar por aquilo que acreditamos?

Para mim a resposta hoje em dia é bem simples, mas nem sempre foi assim. Cresci acreditando que dinheiro era o maior tabu do mundo, que só se fazia o que amava quem já nasceu rico, que pobre nasceu para trabalhar, aposentar e viver uma vidinha mais ou menos, cresci acreditando que não somos donos do nosso próprio destino e que a vida nem sempre é justa. Que coisas boas só acontecem para quem tem sorte e que sou destinada a viver uma vidinha bem mais ou menos sem grandes ambições. Fui ensinada a sempre fazer minha parte, mas rara foram os momentos em que fiz mais do que me era pedido. Durante minha vida me faltou sempre iniciativa e ação. Mas conforme fui crescendo, lendo, e ouvindo, fui aprendendo a sonhar, fui aprendendo a reconhecer o que é importante para mim, quais os meus maiores princípios e quais os meus maiores defeitos.

Acredito que tudo na vida é questão de equilíbrio e que temos que ir lutando a cada dia por aquilo que nós acreditamos. Li recentemente em um livro do Stephen King que em cursos de escrita criativa geralmente vão te pedir para escrever sobre aquilo o que você sabe. Ele diz que parece razoável, mas e se você quiser escrever sobre naves espaciais ou assassinos? O que devemos fazer então? A resposta dele é simples mas inspiradora, não somente para a escrita e sim para a vida. Você deve começar a interpretar a frase “escreva sobre o que você sabe” da maneira mais abrangente possível, pois aquilo o que você sabe vai muito além daquilo que você faz, nosso coração e nossa imaginação sabem coisas também, afinal de contas, o que seria do mundo da ficção se não fossem eles?

Essa resposta de King serve para analisarmos nossas vidas. O que fazer se não posso seguir meu sonho no momento atual. Comece a fazer aquilo que você sabe, comece fazendo o que está ao seu alcance e deixe que o seu coração e a sua imaginação te guiem.

Não faça como a maioria, não deixe com que a dureza da vida te limitem a sonhar, não deixe com que a pressão da sociedade de impeça de dar a cara para bater e correr atrás daquilo em que acredita. A maioria das pessoas que hoje são donas do sucesso algum dia já começaram do zero. Pessoas já os desinssentivaram, muros já foram erguidos em seus caminhos mas a diferença de onde estão agora e o lugar em que você está, está justamente na forma em que agiram algum dia quando tinham apenas a ideia e nada mais.

Essa é a importância de sonhamos nos dias de hoje. Cada vez as pessoas acreditam menos e menos no próprio potencial e vão perdendo a fé ao longo do caminho. Você aí que tem um sonho, faça o seu melhor, acredite, imagine e faça. Eu acredito em mim e também acredito em você!

Vai lá menina…

56ce91a8a880fce4761d371e8e3ce156

Levanta a cabeça! Todo mundo tem seus dias ruins… Sei que é difícil tudo isso pelo o que você está passando, mas não vale a pena ficar alimentando esse sentimento ruim dentro de você.

Esquece, deixa passar. O tempo é a resposta pra tudo. Ele cicatriza todas as feridas e tem outra coisa relacionada ao tempo que a gente não percebe nesses momentos difíceis, a verdade, é que ele não para! Não perca seu tempo se alimentando de angústia, tristeza e frustrações.

Não. Você não poderia ter feito diferente. Tinha que ser assim! Nossas experiências são o que nos alimenta, nos fazem crescer. Sejam elas boas ou ruins, elas sempre servem para alguma coisa. Tire o melhor disso tudo o faça o melhor para você.

Amor próprio em primeiro lugar sempre! E já que esse amor te faz reduzir o que você sente por você mesma, acredite em mim, não a pena… Segue tua vida. O que é dele é dele, o que é seu é seu. Todas as coisas da vida tem um motivo e tem um porquê. Então respire fundo e aproveite esse momento para recomeçar.

É tão gostoso em nossas vidas quando surgem as oportunidades de começar tudo do zero. Vai lá, aproveita para se desapegar. Organize suas coisas. Crie uma nova rotina. Pinta o cabelo ou faça um novo corte (isso sempre funciona!). Refaça seus planos e siga em frente. Lá na frente você vai olhar para trás e dar graças a Deus de ele ter fechado essa porta para poder te abrir tantas outras.

Acredite em mim, tudo vai dar certo! Vai lá menina… Vai brilhar!